Perfuração e Regularização de Poços Tubulares (Artesianos)

 

O uso de poços e cisternas vêm ganhando cada vez mais espaço nas residências, condomínios, comércio e indústrias que buscam reduzir custos fixos com consumo de água. 

O quê poucos sabem é que antes de ser consumida, essa água deve passar por processos físicos e/ou químicos de tratamento, para eliminar contaminações físico-químicas e microbiológicas, como presença de coliformes, excessos de metais pesados, ferro, manganês e amônia dissolvidos, tornando-a amarelada, com cheiro forte, gosto salobro e imprópria, do ponto de vista sanitário, para consumo.

Além disso, é proibido, por lei, perfuração de poços nas proximidades de lixões, indústrias químicas, áreas rurais com uso frequente de fertilizantes/agrotóxicos, locais com passivo ambiental conhecido e áreas com solo degradados mapeadas pelo poder público.​

Regularização é obrigatória por lei

 

Por lei, é obrigatório, quanto ao uso de poços artesianos:

  • regularização da perfuração e exploração do uso da água, através da autorização obtida junto aos órgãos responsáveis via outorga, conforme as exigências de cada localidade;
  • adequação da qualidade água para consumo, através da análise físico-química e microbiológica, antes do consumo e instalação de equipamentos para potabilização, conforme definido pelo Ministério da Saúde;
  • realizar estudos de solo e água do lençol, nas áreas do entorno da possível perfuração, quando não tiverem sido mapeadas, visando conhecer os níveis dos indicadores que possam tornar o local impróprio para consumo e proibido por lei para perfuração.

 

Problemas em águas de poços tubulares

 

​É de suma importância controlar a qualidade da água do seu poço para evitar transmissão de doenças, danos em equipamentos, corrosões em tubulações, bem como, fornecer subsídios, ao poder púbico, em caso de distribuição de água imprópria para consumo, para imediata tomada de ações corretivas e preventivas, evitando graves problemas de saúde pública.

A seguir, listamos alguns problemas comuns causados por águas de poços, que geramo riscos à saúde pública, bem como orientações de tratamento antes de consumo.

Solicite Já seu orçamento!

Confira Nossos Serviços

Na MAR Consultoria Ambiental você encontra tudo que precisa para regularizar seu poço.

Cuidamos desde a obtenção das outorgas de perfuração e exploração ao tratamento para consumo humano, como:

  • Entrada no pedido de outorga.
  • Estudos geológicos do solo para achar água.
  • Obtenção de outorga para perfuração e explotação de água.
  • Projetos para perfuração e tratamento da água para consumo.
  • Perfuração de poços, mini poços tubulares e cisternas. 
  • Fornecimento de equipamentos em geral.
gallery/água 4

Parâmetro

Doenças comuns

Tratamento

Alumínio

Doenças neurológicas

Precipitação química

Amônia

Toxidez e eutrofização aquática

Adsorção

Bactérias

Hepatite A, giardíase, disenteria amebiana, leptospirose, cólera, ascaridíase e febre tifóide

Desinfecção

Coliformes

Cólicas addominais, hemorragias e náuseas

Desinfecção

Cloretos

Diarréia e irritação das vias digestivas

Troca iônica ou osmose

Dureza

Cálculos renais e biliares

Abrandamento

Ferro e manganês

Intoxicações

Adsorção

Metais pesados

Câncer e doenças neurológicas

Precipitação, troca iônica e osmose

Kits para regularização da qualidade da água

 

Fornecemos equipamentos para regularização dos poços, visando atender aos padrões de qualidade da água para consumo, desde necessidades básicas às mais complexas, não nos limitando às opções abaixo:​

KIT BÁSICO

KIT ESSENCIAL

KIT COMPLETO

Tipos e curiosidades sobre poços tubulares

 

Em geral, existem diferentes tipos de poços tubulares, conheça alguns:

  • Poço artesiano: é aquele que provém da perfuração de aquíferos artesianos, no qual a água possui pressão suficiente para fluir até a superfície. 
  • Poço semi-artesiano: detém características semelhantes ao poço artesiano, porém apresenta uma profundidade inferior, precisando de bombas para trazer a água para a superfície.
  • Cisterna: é o dispositivo que funciona como um reservatório abastecido por fontes externas como água de chuva, afloramento natural dentre outros.
  • Cacimba: possui diâmetro maior que um metro, sendo perfurado manualmente e capta água direto do lençol freático.
  • Maui: é formado por galerias filtrantes existentes em regiões sedimentares, como em ilhas marinhas.
  • Ponteira: possui pequeno diâmetro, é perfurado com jato d'água onde o lençol freático ou aquíferos próximo são mais rasos.​ 

Maiores informações, entre em contato!